Orquestra Afro Brasileira O Som da Esperança Slideshow

Fundamentos do novo piano de Soares Brandão

ibisfsb

TripAdvisor™ TripWow ★ Orquestra Afro Brasileira O Som da Esperança Slideshow ★ to Rio de Janeiro. Stunning free travel slideshows on TripAdvisor

viaOrquestra Afro Brasileira O Som da Esperança Slideshow.

The Orchestra Afro-Brazilian is an social musical experience of intervention developed in the Mangueira hill / Rio de Janeiro / Brazil by Otavio and Ibis Soares Brandão for five years with support from the Interamerican Development Bank (IDB).

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Decrescimento – Brasil

Decrescimento – Brasil.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Soares Brandão – Homenagem a Foucault

Continuo's weblog

Soares Brandão - Homenagem a Foucault LP front cover
Soares Brandão - Homenagem a Foucault LP back cover Soares Brandão - Homenagem a Foucault LP lado B
With Pierre Schaeffer, 1988

Brazilian composer Otavio Henrique Soares Brandão was born in 1949 in Rio de Janeiro. He started studying music in Brazil, then moved to France in 1977 to study electroacoustic music with Jacques Lejeune and to attend the IRCAM seminars with Pierre Boulez and Luciano Berio, a.o. Since then, he has lived alternatively between Brazil and France. Starting 1995, Soares Brandão led several educational music programs in Rio de Janeiro’s slums, projects he undertook with partner, painter and sociologist Íbis Ferreira Soares Brandão (author of this LP’s cover collage).

Homenagem a Foucault (1985) was the first of a series of piano compositions inspired or dedicated to Pierre Schaeffer (pictured above), whom Soares Brandão had met in 1977, immediately becoming a disciple in the field of music education and composition. Soares Brandão claims his piano music is inspired by Schaeffer in the way it requires the interpret to perform the sonification…

Ver o post original 213 mais palavras

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Coisas de que Joaquim Barbosa se esqueceu de ficar triste

andradetalis

por Antonio Lassance

Bira Bira

O presidente do Supremo, relator da AP 470, esbravejador-geral da Nação, candidato em campanha a um cargo sabe-se lá do que nas eleições de outubro, decretou solenemente:

“É uma tarde triste para o Supremo”.

É curioso como Joaquim Barbosa se mostra triste com algumas coisas, e não com outras.

Alguém o viu expressar tristeza com o fato de o processo contra o mensalão tucano não atribuir o mesmo crime de quadrilha a Eduardo Azeredo (PSDB-MG) & Companhia Limitada?

O inquérito da Procuradoria-Geral da República (INQ 2.280, hoje Ação Penal 536), que sustenta a denúncia contra Azeredo, foi apresentado pelo mesmo Procurador (Roberto Gurgel), ao mesmo STF que julgou o mensalão petista, e caiu nas mãos do mesmo relator, ele mesmo, Joaquim Barbosa.

O que dizia o Procurador? Que o mensalão tucano “retrata a mesma estrutura operacional de desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro e simulação…

Ver o post original 981 mais palavras

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O tronco

O tronco

Deixe um comentário

setembro 7, 2013 · 12:02 pm

Meus videos dailymotion

Deixe um comentário

setembro 6, 2013 · 8:18 pm

Uma incrível viagem no tempo ao passado da Cidade Maravilhosa

Uma incrível viagem no tempo ao passado da Cidade Maravilhosa.

Vejam  o que fizeram com o Rio de Janeiro em apenas UM século. Era realmente maravilhosa… o progresso a destrói a cada minuto.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized